17/04/2019

Ital contribui com empresas e instituições na condução de questões ambientais
Com experiência de duas décadas em Avaliação do Ciclo de Vida, o Centro de Tecnologia de Embalagem oferece diversos serviços

Em busca da melhoria constante da relação da embalagem com o meio ambiente, o Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, avalia o desempenho ambiental de sistemas de embalagem e de produtos acondicionados, auxiliando associações, empresas e instituições públicas no uso racional dos recursos naturais, além de disponibilizar informações técnicas consistentes.

Assim, oferece diversos serviços: Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), subsídios para rotulagem ambiental, ecodesign (design for environment), esclarecimentos sobre estratégias ambientais, sustentabilidade e legislação sobre embalagem e meio ambiente, orientação para o desenvolvimento de produtos sustentáveis, estudos sobre impacto ambiental de embalagens e produtos, treinamento sobre sustentabilidade ambiental, critical review e pegada de carbono (carbon footprint).

Destaca-se a experiência de duas décadas em ACV, ferramenta que permite identificar o impacto ambiental potencial associado a um produto ou atividade desde a extração das matérias-primas, produção, distribuição, uso até a disposição final, com aplicação direta dos resultados em gestão ambiental: melhoria de produtos, processos ou serviços; planejamento estratégico; elaboração de políticas públicas; suporte ao marketing; subsídio para rotulagem ambiental.

A consultoria técnica do Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea) na 3ª edição do Programa Sustentabilidade de Ponta a Ponta – Walmart Brasil (2013), por exemplo, possibilitou a redução de 1.120 toneladas de emissões de CO2, 45 mil litros no consumo de óleo diesel, 10.460 gigajoules no consumo de energia de fonte renovável, 741,5 mil m³ de água, 614 mil kWh no consumo de energia elétrica, 61 toneladas de massa de embalagem, 125 toneladas de resíduos industrial e agrícola e 29 toneladas de resíduos em aterros sanitários, além da revalorização de 936 toneladas de resíduos como coproduto, via compostagem ou como adubo.

Com acervo bibliográfico de ao menos 300 documentos da área de Meio Ambiente no, o Ital ainda conta com produção científica e tecnológica que engloba livros, artigos técnicos e científicos em revistas indexadas e em anais de eventos, dentre elas as publicações gratuitas online: Avaliação do Ciclo de Vida: Princípios e Aplicações e Avaliação do Ciclo de Vida como Instrumento de Gestão.