saopaulo.sp.gov.br
Solicite um Orçamento

Notícia
Informação
Ital lança hub de conteúdo: Indústria de Alimentos 2030
Francisco Matturro participou da cerimônia na Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP

Por Paulo Sérgio Pires | Postado em 23/06/2022 16:59:23 | Atualizado em 23/06/2022 17:15:57

Durante discurso, Matturro ressaltou o orgulho de ter uma instituição como o Ital na Secretaria de Agricultura (Crédito: Antonio Carriero/Ital)

O secretário da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Francisco Matturro, participou na manhã de hoje, na sede da Secretaria, da cerimônia do lançamento do hub de conteúdo Indústria de Alimentos 2030 (http://industriadealimentos2030.com.br), com foco na saudabilidade e sustentabilidade do setor. No evento, além do secretário, houve apresentações da diretora geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital-Apta), Eloísa Garcia; do diretor de Assuntos Institucionais do Ital, Luis Madi; do coordenador da Plataforma de Inovação Tecnológica do Ital (PITec), Raul Amaral, e de João Dornellas, presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia).

Segundo especialistas, o hub de conteúdo reúne informações que estão disponíveis em relatórios institucionais e outras fontes, congregando de maneira fácil e acessível em 15 temas de interesse do consumidor de alimentos. O portal agrupa vários dados sobre as melhores práticas das empresas de alimentos, bebidas, ingredientes e embalagens, que podem ser comparados pela população.

Vinculado à PITec, o novo hub dá acesso a ações para promover a saudabilidade, ou seja, aqueles alimentos que proporcionam qualidade nutricional e bem-estar. Além disso, o portal apresenta atividades ligadas à sustentabilidade do sistema alimentar de 33 empresas, de pequeno, médio e grande porte.

O conteúdo do hub é parte do projeto Alimentos Industrializados 2030 do Ital e é dividido nos blocos: valor nutricional e segurança de produtos, sustentabilidade da produção e responsabilidade social das empresas. O conhecimento armazenado se baseia em informações de sites institucionais, relatórios de sustentabilidade e também de dados rastreáveis fornecidos pela empresa.

O secretário Francisco Matturro ressaltou o orgulho de ter uma instituição como o Ital dentro da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. “Muita gente não o conhece e não sabe que ele é tudo isso”, argumentou. Disse ainda que as ações estão interligadas e que este governo foi o que fez o maior investimento da história em pesquisa, com aporte de R$ 102 milhões. “Investir em pesquisa é investir no futuro e o resultado foi esse”, explicou. O secretário também enfatizou a importância das parcerias com a iniciativa privada.

A diretora geral do Ital, Eloísa Garcia, fundamentou que o hub de conteúdo é um modelo de comunicação e grande instrumento de motivação. “Todas as empresas que o visitarem podem pensar que também têm a possibilidade de estar nesse movimento de melhoria contínua. São os grandes valores dessa nossa ferramenta”, destacou.

Na sua apresentação, Luis Madi, diretor de Assuntos Institucionais do Ital, relatou desde 2008 como se chegou ao lançamento do hub com o propósito de mostrar as tendências dos alimentos. Ele fez questão de agradecer o time da plataforma. “Todo o desenvolvimento do site foi feito pela equipe do Ital e isso é muito importante. O fato nos orgulha muito”, lembrou ele.

Madi relatou as várias fases do projeto e dos documentos elaborados pelo Instituto, inclusive o trabalho com entidades setoriais, além do esforço para repassar informações para empresas de diversos portes. Com o passar do tempo o projeto foi ficando mais abrangente e inovador. “Queríamos distribuir informações gratuitamente e não vender documentos”, enfatizou.

O coordenador da PITec, Raul Amaral explicou, entre outros temas, a importância de a linguagem do hub ser objetiva e acessível a todos e não apenas a especialistas. “Há relatórios que são apenas para os pares e não para o público geral, um consumidor ou um jornalista, que precisa de uma coisa mais resumida e de forma acessível”, expôs.

Representando o setor empresarial, João Dornellas, presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia) informou aos presentes que existem 37 mil indústrias produzindo alimentos no Brasil e ela processa entre 58% e 60% do que a agricultura cultiva. “Há 1,7 milhão de pessoas no Brasil empregadas no setor da indústria de alimentos e ela trabalha com muita segurança e qualidade. O Brasil exporta atualmente para 190 países e isso se faz com parcerias e por isso a nossa com o Ital é fundamental”, concluiu.

Confira o release nos sites da SAA e da Apta