Solicite um Orçamento

Notícia
Reconhecimento
Ital recebe homenagem inédita em sessão solene do Crea-SP
Instituto da Secretaria de Agricultura de SP dedicado a PD&I de alimentos e embalagem recebe Menção Honrosa por indicação da Câmara Especializada de Engenharia Química

Por Jaqueline Harumi | Postado em 15/12/2023 09:10:12 | Atualizado em 15/12/2023 17:13:09

Representantes do Crea-SP e das instituições que receberam Menção Honrosa (crédito: Marcelo JS Fotografia)

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital-Apta) recebeu nesta quarta-feira (13) homenagem inédita do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-SP) como reconhecimento público pelos serviços prestados com distinção e impacto positivo na nossa sociedade. A Menção Honrosa foi entregue em sessão solene na sede do Crea-SP, na capital paulista, à engenheira de alimentos Eloísa Garcia, diretora geral do Ital, ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

“A Menção Honrosa não apenas enaltece os indivíduos, mas também ressalta o papel vital da engenharia que desempenha na melhoria contínua do nosso ambiente, da nossa infraestrutura e da qualidade de vida”, ressaltou a engenheira agrônoma Izildinha Valeria de Aguiar Nascimento, coordenadora da Comissão Especial do Mérito, lembrando que neste ano 28% dos homenageados são mulheres.

“Um país precisa de entidades fortes, que sejam reconhecidas e que reconheçam, e o Crea é uma entidade de um valor imenso para o Brasil e para as instituições”, ressaltou a diretora do Ital, lembrando que neste ano o Instituto completou seis décadas de história, o que torna ainda mais especial o reconhecimento, fruto de indicação feita pela Câmara Especializada em Engenharia Química do Crea-SP. Também pesquisadora responsável pelo Centro de Ciência para o Desenvolvimento Soluções para os Resíduos Pós-Consumo: Embalagens e Produtos (CCD Circula), Eloísa aproveitou para falar sobre a engenharia de alimentos como fundamental para a conservação e segurança dos alimentos.

“O engenheiro de alimentos tem tudo a ver com a segurança e o abastecimento da sociedade e também com a conservação dos recursos naturais, e precisamos cada vez mais eliminar a perda de alimentos: infelizmente ainda no Brasil 45% a 50% do resíduo sólido urbano que vai para o aterro é resto de alimento”, detalhou a diretora do Ital, que foi convidada a discursar representando os agraciados com Menção Honrosa. Também foram homenageados o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC/USP) e a Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto.

Confira o release nos sites da Apta e da SAA