saopaulo.sp.gov.br Cidadão SP Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

Recém-lançado, AgroHub Campinas conta com parceria do Ital
Proposta é facilitar a entrega de soluções em pesquisa e desenvolvimento a produtores rurais

Postado em 11/07/2019 16:51:12 | Atualizado em 23/08/2019 12:03:08

 

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, tornou-se parceiro do AgroHub Campinas, iniciativa lançada no último mês durante o I Encontro de Negócios para a Agricultura Digital, promovido pela Embrapa Informática Agropecuária. A proposta do novo hub é facilitar o acesso dos produtores rurais da região a soluções inovadoras para problemas reais do cotidiano no campo.

“Consideramos a parceria mais uma oportunidade de cumprirmos a nossa missão de contribuir para a evolução das áreas de alimentos, bebidas e embalagens em benefício do consumidor e da sociedade”, ressalta a diretora geral do Ital, Eloísa Garcia, que confirmou a presença do instituto no estande do AgroHub Campinas no 2º Encontro de Produtores Rurais de Campinas e Região, em 22 de agosto, na Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS).

Segundo o idealizador do hub, o jornalista Daniel Azevedo, o objetivo da participação no evento é apresentar aos visitantes os conceitos sobre Agro 4.0 e soluções para evolução de suas atividades. Ele ressalta que a Região Metropolitana de Campinas possui três mil propriedades rurais e 23 cooperativas agrícolas operando num raio de 70 km, sendo considerada a maior do País em densidade e tradição em pesquisa e inovação no agronegócio. “Para resolver as ‘dores’ de quem produz, vamos fortalecer o ecossistema de inovação local e, também, nacional”, garante.

Resultados preliminares do levantamento feito pelo AgroHub Campinas junto aos produtores da região mostram que 95,2% acreditam que a inovação pode trazer soluções para seus negócios. Dentro dessa perspectiva, o hub já conta com o apoio institucional dos sindicatos rurais de Campinas e de Valinhos, da Prefeitura de Campinas e da Fundação Fórum Campinas Inovadora, além do Ital e da Embrapa Informática Agropecuária.