saopaulo.sp.gov.br Cidadão SP Facebook Twitter Youtube Flickr Instagram

Apta
Secretaria de Agricultura expõe tecnologias transformadoras no InovaCampinas Trade Show

Por Jaqueline Harumi | Postado em 29/10/2019 12:22:36 | Atualizado em 25/11/2019 10:34:43

Novas tecnologias com potencial inovador serão expostas pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo no InovaCampinas Trade Show, um dos principais eventos de inovação do Brasil, que ocorre entre os dias 30 e 31 de outubro, na Expo D. Pedro, das 8h às 19h. A Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), órgão de pesquisa da Secretaria de Agricultura de São Paulo, fará a exposição de tecnologias que trazem novas soluções para agricultura, pecuária e processamento de alimentos no espaço exclusivo para agronegócios do evento. O InovaCampinas TradeShow é organizado pela Fundação Fórum Campinas Inovadora (FFCi).
 
O objetivo da Secretaria é mostrar parte do portfólio de tecnologias e patentes da APTA para o público, formado, principalmente, por empresários e investidores. “Queremos mostrar para esses tomadores de decisão as tecnologias que temos trabalhado e que podem rapidamente ser disponibilizadas no mercado. A ideia é estar no evento para formar parcerias e interações, com empresas e instituições, buscando um setor mais competitivo dentro do sistema agroalimentar”, afirma Gisele Anne Camargo, diretora da Rede NIT-APTA, formada pelos Núcleos de Inovação Tecnológica do Instituto Agronômico (IAC-APTA), Instituto Biológico (IB-APTA), Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL-APTA), Instituto de Pesca (IP-APTA) e Instituto de Zootecnia (IZ-APTA).
 
Além da exposição de tecnologias, a APTA participará da rodada de negócios por meio da plataforma 100 Open Techs, aplicativo que permite o cadastramento de tecnologias e a conexão delas com empresas que buscam soluções inovadoras. “Esse aplicativo possibilita que as empresas agendem reuniões com os pesquisadores e gestores dos NIT para conhecer o que está sendo desenvolvido e negociar possíveis parcerias. Em 2018, realizamos diversas reuniões, que permitiram nos colocar em contato com grandes empresas do setor”, explica Gisele.
 
O InovaCampinas terá pela primeira vez atividade de estímulo ao ecossistema de inovação no agronegócio. No Inova#Agro a programação será focada em dois temas: fortalecimento de hubs e polos de Agtechs brasileiras e os desafios e soluções na indústria dos agroalimentos. A iniciativa é organizada pela Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag). A pesquisadora da SAA Ana Paula Reis Nolêtto, que atua no Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea) do ITAL, ministrará palestra sobre o uso de embalagens inteligentes no mercado de agroalimentos visando a redução de perdas e desperdícios e garantindo a qualidade e segurança dos alimentos. Sua participação ocorrerá no painel que abordará tecnologias em embalagem, conservação e monitoramento no segundo dia do evento, em 31 de outubro, das 10h às 11h10.
 
Para o coordenador da APTA, Antonio Batista Filho, os Institutos desenvolvem há mais de um século pesquisa para o setor agropecuário, com resultados que ultrapassam as fronteiras paulistas e brasileiras, chegando até mesmo no exterior. “As pesquisas dessas instituições contribuíram e ainda contribuem para o Brasil ser considerado o país detentor da agricultura tropical mais avançada do Planeta. A agropecuária e a indústria de alimentos sempre foram usuárias dessas tecnologias. Porém, nosso trabalho precisa sempre avançar, por isso, temos construído mecanismos para incentivar as pesquisas de caráter inovador nas instituições, facilitando a interação entre esses institutos e as empresas privadas. É na empresa que a inovação acontece. Precisamos congregar cada vez mais esforços para ter avanços na produção brasileira de alimentos”, diz.
 
Alimentos
 
O ITAL estará presente na área de exposições nos dois dias de evento com exibição de resultados de alguns de seus serviços técnicos especializados, com destaque para o aproveitamento de resíduos da agroindústria e o palmito em embalagem flexível, além de orientações e esclarecimento de dúvidas através de pesquisadores de seu corpo técnico.
 
Na área da Rede NIT-APTA, no dia 31, o ITAL se dedicará à negociação de tecnologias, em especial o extrato aquoso e a fibra de casca de café, ingredientes naturais fonte de cafeína, cujo processo de obtenção sem uso de solventes - fruto de parceria com o Instituto Agronômico (IAC) - tem pedido de patente depositado no INPI. Com possibilidade de aplicação tanto em alimentos industrializados e bebidas não alcoólicas quanto em cosméticos e fármacos, o ingrediente poderá ser provado em bala mastigável e chocolate.
 
Confira a matéria completa com todas as tecnologias que serão expostas pela APTA, da SAA.