saopaulo.sp.gov.br
Solicite um Orçamento

Notícia
Gestão Feminina
Secretário de Agricultura e Abastecimento de SP participa do 7º Congresso das Mulheres do Agronegócio
Evento contou com diversos painéis, mesas redondas e debates

Por Comunicação SAA | Postado em 26/10/2022 00:00:00

O secretário de Agricultura e Abastecimento de SP, participou, na manhã desta quarta-feira (26/10), do 7º Congresso das Mulheres do Agronegócio (crédito: Sergio Andrade/SAA)

Francisco Matturro, secretário de Agricultura e Abastecimento de SP, participou, na manhã desta quarta-feira (26/10), do 7º Congresso das Mulheres do Agronegócio. O evento contou com diversos painéis, mesas redondas e debates com mulheres que fazem a diferença no agro.

O Secretário participou de mesa redonda no evento que teve como tema "Cadeia Vegetal".

Em sua fala, saudou as mulheres presentes e acrescentou que o agro é mais forte com as produtoras dedicadas do Estado e do Brasil, que buscam o conhecimento científico e a tecnologia para suas propriedades agrícolas.

Para o Secretário, a Pasta da Agricultura, por meio de ações como o Cadastro Ambiental Rural, que já tem 100% das propriedades do Estado processadas e analisadas, do trabalho com o Programa Solo+Fértil, que realiza contínua análise de solo das propriedades do Estado, e programas como o Milho+SP, parceria com a iniciativa privada para crescimento da produção de milho, contribui para o desenvolvimento pleno do setor vegetal em São Paulo. Outro fator diferencial dessa gestão é o diálogo ininterrupto com o setor produtivo, por meio das Câmaras Setoriais.

O debate contou com a participação de Antônio Carrere, vice-presidente de Marketing e Vendas da John Deere, Glauber Silveira, Diretor Executivo da Abramilho, Normando Corral, Presidente da FAMATO, Rubens Barbosa, Presidente Executivo da Abitrigo, e Julio Mineli, Diretor Superintendente da APROBIO.

O AGRO DAS MULHERES

De acordo com dados do Censo Agropecuário de 2017, do IBGE, o número de estabelecimentos agrícolas com gestão feminina cresceu em 38% nos últimos 12 anos. Atualmente, 34,7% das propriedades rurais brasileiras são lideradas por mulheres. Esses avanços são uma característica do agro Brasileiro. Na Secretaria de Agricultura, o quadro não é diferente. Apenas na Apta (Agência Paulista de Tecnologias dos Agronegócios) são 564 mulheres. Nas diretorias-gerais dos Institutos da Apta, a Secretaria conta com três mulheres, a diretora Ana Eugênia de Carvalho Campos, do Instituto Biológico (IB), Crisitiane Neiva, do Instituto de Pesca (IP) e Eloisa Garcia, do Instituto de Tecnologia dos Alimentos (Ital).

Confira o release no site da SAA