Solicite um Orçamento

Notícia
Cooperação
Parceria em pesquisa entre Ital e instituto alemão Fraunhofer IVV completa 10 anos
Evento realizado nesta segunda-feira (10), em Campinas, celebra a colaboração internacional

Por Comunicação SAA | Postado em 10/06/2024 00:00:00 | Atualizado em 11/06/2024 11:05:35

Crédito: Comunicação SAA

Evento realizado nesta segunda-feira (10), no Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital-Apta), em Campinas, marcou os 10 anos da formalização de parceria entre o órgão, pertencente à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de SP, e o instituto alemão Fraunhofer IVV. A cerimônia contou com a participação de representantes dos agentes envolvidos, que trouxeram ao público o histórico e fizeram um balanço da iniciativa até aqui.

Na mesa de abertura, a diretora geral do Ital, Eloísa Garcia, pontuou que a cooperação internacional "está no DNA” do Instituto, e que a parceria com o Fraunhofer IVV foi mais um importante passo nessa direção. “Nesses 10 anos amadurecemos bastante com relação ao valor da inovação”, afirmou Eloísa.

O vice-diretor do Fraunhofer IVV, Peter Eisner, resumiu em sua apresentação todo o processo que levou à construção do relacionamento entre a instituição brasileira e a alemã, e trouxe alguns números que mostram o quão frutífero ele tem sido: já são 17 projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação junto à indústria, 2 startups, 4 pedidos de patentes, além de inúmeras publicações conjuntas e outros resultados de impacto.

Como exposto nas apresentações, a parceria teve início em 2013, quando foi elaborado o Centro de Projetos Fraunhofer para Inovações em Alimentos e Biorrecursos no Ital (FPC@ITAL). Em 2021, para dar continuidade à ação, criou-se a Plataforma de Inovação Fraunhofer para Novos Sistemas Alimentares (FIP-NFS@ITAL), com o objetivo de fornecer soluções inovadoras para as indústrias alimentícia, agrícola e de embalagens, com foco em proteínas alternativas, uso de coprodutos do processamento de alimentos, sistemas integrados de produção e novos materiais à base de plantas. Por fim, no final do ano passado, foi firmado entre a SAA e o Fraunhofer IVV um acordo de cooperação em projetos de pesquisa inovadores por meio da Plataforma, atraindo para a iniciativa, de forma mais direta, os outros seis institutos de pesquisa vinculados à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta).

Para o coordenador da Apta, Carlos Nabil Ghobril, o acordo de cooperação vai além de unir as instituições de pesquisa, sendo também uma parceria entre Brasil e Alemanha. "A parceria que começou com o Ital foi ampliada e hoje abrange todos os institutos de pesquisa da Apta", disse Nabil.

Segundo o coordenador, nessa nova etapa a intenção é aproximar cada vez mais os demais institutos da iniciativa e expandir o trabalho que já vem sendo feito. "Estamos renovando esse acordo com bastante ânimo. Serão realizadas pesquisas interessantes e muito promissoras", completou.

Encerrando a mesa inicial, o secretário de Agricultura de SP, Guilherme Piai, elogiou a parceria, lembrando que a Secretaria estará sempre aberta para promover ações desse tipo. “A relevância das pesquisas promovidas pelos nossos institutos é o que gera bilhões de dólares de superávit apresentados na balança comercial do Agro paulista. Nos primeiros dez anos, essa parceria já deixou legado para a sociedade”, destacou.

O evento comemorativo contou ainda com as participações de Concepta McManus Pimentel, assessora da Diretoria Científica da Fapesp, de Levi Pompermayer, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de SP, de Luis Madi, coordenador da plataforma de inovação tecnológica do Ital, e de representantes de entidades alemãs no Brasil.

Confira o release nos sites da Apta e da SAA